Notícias

07.11.2017

Feirinha da Servidão, Rota do Lazer e Área Azul: confira como ficarão estas atividades em dezembro

Compartilhe: Google+

Para facilitar as compras dos consumidores e atender as demandas dos comerciantes do centro de Blumenau, durante o mês de dezembro, a Feirinha da Servidão Wollstein, e a Rota do Lazer serão alteradas. Já a fiscalização da Área Azul, que beneficiará todos os comerciantes e consumidores, em toda a cidade, permanecerá até o dia 23 de dezembro. As ações são resultados de uma iniciativa da CDL Blumenau, que recebeu diversas solicitações de associados.

Em conversa com o presidente da Fundação Cultural de Blumenau, Rodrigo Ramos, ficou acertado que, em dezembro, a Feirinha da Servidão Wollstein, que tradicionalmente ocorre nas ruas Floriano Peixoto e Curt Hering, será realizada em outro local. A decisão foi compreendida pela organização da Feira, que optou por realizar  a última edição de 2017 na Prainha, nos dias 9 e 10 de dezembro. 

No caso da Rota do Lazer ficou estabelecido que, nos domingos de dezembro, a mesma encerará às 13h, visto que o comércio abrirá às 14h. O presidente da CDL Blumenau, Helio Roncaglio, explica que recebeu diversas solicitações dos lojistas sobre essas questões. “Dezembro é um mês atípico, pois o comércio abre aos domingos para poder atender os consumidores. Por isso, precisamos fazer alguns ajustes, de modo que seja positivo para todos”, afirma.

 Já o serviço de fiscalização da Área Azul, muito importante para a rotatividade das vagas de estacionamento, será mantido até o dia 23 de dezembro. A manutenção do serviço foi garantida pelo presidente do Seterb, Carlos Lange.

O presidente da CDL destaca que o setor do comércio e serviços de Blumenau representa cerca de 20% do PIB do município, gera renda e emprego a mais de 27 mil trabalhadores e, por meio de impostos, contribui diretamente com a cidade. “Em dezembro, quando o volume de vendas é maior devido às compras natalinas, todos esses benefícios ficam ainda mais expressivos. É importante que cada um ceda um pouco para o bem coletivo e auxiliar na recuperação da economia”, afirma Roncaglio. 

 

Newsletter

©2016 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG.
Topo