Notícias

16.12.2010

CDL e Singavale apoiam uso racional e responsável de sacolas plásticas em Blumenau

Compartilhe: WhatsApp

 

O plástico é hoje um dos produtos mais consumidos pela humanidade e também um dos principais desafios ambientais do planeta. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, 1,5 milhão delas são distribuídas por hora no Brasil. Para discutir este tema a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau e o Sindicato dos Supermercados e do Comércio Varejista de Alimentos de Blumenau e região (Singavale) fizeram uma reunião nesta quarta-feira na Casa do Comércio. Participaram do encontro, representantes da CDL, SINDILOJAS, da Associação Catarinense de Supermercados (ACATS), Singavale e também a vereadora Helenice Luchetta, que já apresentou propostas sobre o assunto na Câmara de Vereadores. “Não podemos ignorar este problema. Temos que criar estratégias para tentar gradativamente retirar as sacolas plásticas de circulação e não prejudicar o meio ambiente”, analisa o presidente da CDL, Paulo Cesar Lopes.
 

O Singavale também é a favor da iniciativa. “É muito bom poder falar sobre o problema, discutir ações conjuntamente e unir esforços para encontrar soluções. Afinal todos têm a ganhar com isso, comunidade, supermercadistas e o meio ambiente”, fala a presidente da entidade, Sibeli Schimitt. De acordo com o diretor executivo da ACATS, Antônio Carlos Poletini, as mudanças devem começar no ano que vem em Blumenau. No dia 14 de fevereiro está marcada mais uma reunião. “Em 2011 pretendemos trabalhar com a educação, comunicação, normatização e fiscalização sobre o uso de sacolas plásticas. “Projetos pilotos referentes ao uso das sacolas já foram implantados em alguns supermercados de Florianópolis e de outras capitais brasileiras. Blumenau será a primeira cidade do interior de Santa Catarina que contará com esta iniciativa”, comenta.
 

A vereadora Helenice Luchetta criou um projeto de lei sobre o assunto que ainda não foi aprovado na Câmara de Blumenau. Vê a reunião na Casa do Comércio como um ponto de partida para a mudança de hábito em relação às sacolas plásticas no município. “Será um processo sem imposição. Este grupo pretende trabalhar com educação e informação para proteger o meio ambiente”, diz.

 

 

 

Newsletter

Sistema CNDL
©2016-2022 - CDL Blumenau - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG

Política de Privacidade
Topo